Acesso Reservado:

O Swing

oSwing

O espírito swing existe naturalmente no ser humano.

Houve civilizações antigas como a grega e a romana que eram exímios nesta prática e já todos nós ouvimos ou lemos referências às célebres orgias romanas.
Com o decorrer dos anos, algumas religiões criaram regras sociais, que reprimiam e controlavam os instintos naturais dos seres humanos, e uma prática que era usada com exuberância, passou a ser tabu, mas nunca deixando de ser praticada.

O swing implica sempre um casal estável, que após diálogo entre ambos sobre o tema, analisando os prós e os contras, decidem estar mutuamente de acordo em relação a sua prática, tendo como objectivo único, o bem-estar e o prazer sexual.

O swing pode ter várias vertentes, envolvendo outro casal ou outros casais, mais um elemento que poderá ser feminino ou masculino ou poderá também ter varias envolvências, tais como:

Vários casais sexualmente envolvidos com troca de parceiros.
Envolvidos sem trocarem de parceiros ocupando o mesmo espaço e trocando carícias.
Dois casais envolvidos em que o membro de um casal só vê e não participa.
Dois casais em que só os membros femininos ou só os masculinos se envolvem.
Dois casais em que o membro feminino de um casal se envolve com o membro masculino do outro casal.

Como as situações podem ser diversas, a natureza do envolvimento também pode, e de certeza que varia mediante os gostos, os fetiches de cada um e as infindáveis maneiras de ter e dar prazer.

O swing implica sempre liberdade e respeito, e só é verdadeiramente swing, quando todos os intervenientes estão sintonizados, com mais ou menos química, mas em que ninguém esteja a ser coagido, ou motivado por segundas intenções.

Um verdadeiro casal swing, distingue-se pela sua nobreza de sentimentos em relação ao parceiro ou à parceira, possuindo os dois uma mente aberta e sã, vivendo em harmonia e em conjugação de ideias. Qualquer elemento do casal é incapaz de traír o outro e a sua maior motivação é proporcionar prazer.
É frequente, casais tentarem salvar os seus casamentos enveredando pelo swing. Geralmente acaba em dois singles.

Esta prática advém da estabilidade de um casal, da sua cumplicidade, da confiança depositada um no outro e é sempre a sequência de uma boa relação entre ambos e não um meio para obter esse fim.

Os locais desta prática variam, podem ser os mais diversos, pode ter o seu inicio a mesa de um café, de um restaurante, através da internet, e acabar num motel, em casa de um ou de outro casal, sempre com a concordância de todos, mas o local de eleição para esta prática é sem duvida um clube de swing, pela liberdade de opção que proporciona, pela envolvência, pelo ambiente criado e propício, a liberdade , a sensualidade, o erotismo, a segurança, a comodidade e o conforto.

Isto é somente a opinião de um casal em relação ao swing. Não se trata de um trabalho de investigação exaustivo com rigor científico. De certo haverá outras maneiras de ver o swing, e se nelas estiverem implícitas o respeito, a liberdade e o prazer, também estamos de acordo.

Copyright © 2011 Sensualidades Swing Club.
Todos os direitos reservados.
Inovazi